Olho Seco

O que é?

Olho seco é uma desordem da superfície lacrimal devido ou à deficiência ou à evaporação excessiva da lágrima que pode causar desconforto ocular visual.

As lágrimas são necessárias para manter a saúde da superfície ocular e proporcionar uma visão nítida. Pessoas com olho seco não produzem lágrimas o suficiente ou a qualidade de suas lágrimas não é adequada.

 

A cada piscada, a lubrificação reduz os riscos de infecção, limpa-se corpos estranhos do olho e é mantida a superfície dos olhos limpas. O excesso das lágrimas dos olhos é drenado para pequenos dutos localizados nos cantos das pálpebras que se dirigem para o nariz.

Olho seco é uma doença crônica. 

O olho seco pode resultar de um balanceamento impróprio da produção das lágrimas e sua drenagem.

  • Quantidade insuficiente de lágrimas: as lágrimas são produzidas por diversas glândulas ao redor das pálpebras. A produção da lágrima tende a diminuir com a idade em certas condições de saúde e também devido a efeitos colaterais de certos remédios. Condições do meio ambiente como vento e clima seco também podem influenciar no volume da lágrima aumentando a evaporação. Quando a quantidade de lágrimas diminui ou evapora muito rápido, sintomas de olho seco podem se desenvolver.

  • Qualidade baixa da lágrima: a lágrima é formada por três camadas: oleosa, aquosa e mucosa. Cada componente tem uma função de proteger e nutrir a superfície ocular. A camada oleosa tem a função de evitar a evaporação da camada aquosa enquanto a camada mucosa tem como função distribuir de maneira igual a lágrima em toda a superfície do olho. Se ocorrer uma evaporação rápida demais ou não houver uma distribuição uniforme da lágrima na superfície da córnea devido a alguma deficiência em uma das três camadas, poderão se desenvolver sintomas de olho seco.

Uma forma comum de olho seco é devido à quantidade insuficiente da camada aquosa da lágrima. Essa condição chamada ceratoconjutivitesicca (KCS) também é referida como síndrome do olho seco.

Sintomas

Secura persistente, sensação de areia, olhos vermelhos e queimação são sintomas comuns de olho seco. 

Os olhos secos podem tornar-se vermelhos e irritados, causando uma sensação de arranhão.

Mas às vezes o seu oftalmologista pode querer medir a quantidade de lágrimas em seus olhos. Uma fina tira de papel de filtro colocado sob a pálpebra inferior, chamado de teste de Schirmer, é uma maneira de medir a produção de lágrima.

Outro sintoma de olho seco é a sensação de corpo estranho, de que tem algo dentro do olho.

E pode parecer estranho, mas a síndrome do olho seco também pode causar lacrimejamento. Isto é devido ao ressecamento da superfície do olho que acaba por estimular em excesso a produção do componente aquoso de suas lágrimas como um mecanismo protector.

Causas

O desenvolvimento do olho seco pode ter muitas causas. Elas incluem:

  • Idade: olho seco é uma parte do processo natural de envelhecimento. A maioria das pessoas com mais de 65 anos possuem alguns sintomas de olho seco;

  • Gênero: as mulheres são mais propensas a desenvolver olho seco devido a alterações hormonais provocadas pela gravidez, o uso de contraceptivos orais, e a menopausa;

  • Medicamentos: determinados medicamentos, incluindo anti-histamínicos, descongestionantes, medicamentos para pressão arterial e antidepressivos, podem reduzir a quantidade de lágrimas produzidas nos olhos;

  • Condições Médicas: pessoas com artrite reumatóide, diabetes e problemas de tireóide são mais propensas a ter sintomas de olho seco. Além disso, os problemas com a inflamação das pálpebras (blefarite) e a inflamação das superfícies do olho podem causar olho seco;

  • Condições Ambientais: exposição à fumaça, vento e climas secos podem aumentar a evaporação das lágrimas, resultando em sintomas de olho seco. A falta de piscar regularmente, como quando olhando para uma tela de computador por longos períodos de tempo, também pode contribuir para o ressecamento dos olhos;

  • Outros fatores: utilização de lentes de contato por um longo prazo pode ser um fator no desenvolvimento de olho seco. Cirurgias de refração, como LASIK, podem causar diminuição da produção de lágrimas e provocar olho seco.

Tratamento

O olho seco é uma condição crônica, mas o seu oftalmologista pode prescrever um tratamento para manter seus olhos saudáveis e impedir que a sua visão seja afetada. As abordagens principais utilizadas para tratar os olhos secos incluem a adição de lágrimas, a conservação de lágrimas, o aumento da produção de lágrimas e o tratamento da inflamação das pálpebras ou superfície do olho que contribui para os olhos secos.

 

Casos mais amenos de olhos secos muitas vezes podem ser tratados usando-se soluções de lágrima artificial. Estas podem ser usadas sempre que necessário para complementar a produção de lágrima natural. Soluções de lágrimas artificiais sem conservantes são recomendadas pois elas contêm menos aditivos que podem irritar ainda mais os olhos. No entanto, algumas pessoas podem ter os olhos secos persistentes que não respondem a lágrimas artificiais. 

Colírios que ajudam a aumentar a produção de lágrimas pode ser recomendados por seu oftalmologista, bem como ômega-3, ácidos graxos e suplementos nutricionais.

Para ajudar a diminuir a inflamação ao redor da superfície dos olhos, podem ser prescritos colírios ou pomadas, compressas quentes e massagem ou produtos de limpeza palpebral.

Cuidados

Passos que você pode tomar para reduzir os sintomas de olho seco:

  • Lembrar de piscar regularmente ao ler ou olhar para uma tela de computador por longos períodos de tempo;

  • Aumentar o nível de umidade do ar no trabalho e em casa;

  • Usar óculos de sol ao ar livre, especialmente aqueles com proteção lateral para reduzir a exposição aos ventos de secagem e sol;

  • Usar suplementos nutricionais que contêm ácidos graxos essenciais pode ajudar a diminuir os sintomas de olho seco em algumas pessoas. Pergunte ao seu oftalmologista se o uso de suplementos alimentares pode ser de ajuda para os seus problemas de olho seco;

  • Evitar tornar-se desidratado por beber pouca água: recomenda-se de 8 a 10 copos por dia.

Exercícios de piscar para alívio dos sintomas

Piscar é essencial para manter a umidade na superfície ocular, especialmente durante o tempo frio e seco. Ao piscar, o olho é revestido com uma camada fresca de lágrimas que ao mesmo tempo limpa e hidrata a superfície ocular. É uma ação quase que subconsciente significando muito para um paciente de olho seco.

Trabalhar em um computador durante pelo menos 8hrs, assistir a um filme ou viver em um ambiente seco aumentam os sintomas de olho seco. Nessas situações a incidência de piscar por minuto diminui muito. O meio ambiente seco ou a presença de ar condicionado ou ventilador faz com que a lágrima evapore mais rápido. Em circunstâncias normais, a incidência de piscar é cerca de 15 vezes por minuto. Ao usar o computador ou olhar para qualquer outra tela brilhante, a nossa taxa de piscar diminui em até 70%!

Faça uma pausa para piscar!

Antes de continuar lendo, pisque algumas vezes.

Será que somente piscar ajudará meu olho seco durante o dia? Existem vários exercícios de piscar que podem ajudar a melhorar ainda mais a condição de seus olhos. Estes exercícios são projetados para trabalhar os músculos dos olhos e preservar a sua visão durante o dia.

  • Observe um objeto distante: Este exercício beneficia as pessoas que utilizam monitores com muita frequência (computadores, iPads, tablets e smartphones). Atualmente, as pessoas são dependentes de tecnologia para um maior número de tarefas diárias. Nós olhamos para as telas brilhantes a uma curta distância de nossos olhos e isso acaba causando tensão ocular, uma vez que olhamos para objetos distantes, nossos olhos estarão em repouso.

  • Feche, aperte, relaxe e repita. Este é um exercício bastante rápido. Feche os olhos rapidamente, aperte-os e sinta seus músculos faciais moverem. Mantenha assim por 3-5 segundos. Abra os olhos devagar e relaxe os músculos, mantenha-os abertos por mais 3-5 segundos. Repetir este processo 6 ou 7 vezes. 

  • Gire os olhos no sentido horário e anti-horário. Gire seus olhos no sentido horário uma volta completa, em seguida, gire no sentido anti-horário mais uma volta completa. Em seguida, mova os olhos para cima e para baixo, depois à esquerda e à direita. Conclua este exercício olhando para a ponta do seu nariz.

  • Palma das mãos. Esse exercício tem como objetivo relaxar seus olhos e sua mente. É inspirado em exercícios de ioga ocular e você pode fazer isso em qualquer lugar. Para começar, sente-se confortavelmente e esfregue as palmas das mãos, uma contra a outra até sentir que aqueceram. Vire as palmas das mãos para cima e coloque-as sobre os olhos, certificando-se de que você não está cobrindo seu nariz e que nenhuma luz atravesse. Uma vez que as palmas das mãos estejam posicionadas corretamente, sinta o calor vindo das palmas das mãos e feche os olhos. Concentre-se na mais completa escuridão e relaxe a mente por um minuto.

Estes exercícios vão ajudar a relaxar a sua visão, ajudar a desobstruir dutos lacrimais e evitar uma maior deterioração da visão. Recomenda-se que você exercite os olhos por cinco minutos para cada 30 a 40 minutos de esforço de visão de perto.

Faça o agendamento online. É fácil, rápido e seguro.

©  Clínica de Olhos Benchimol. Todos os direitos reservados.                         Criado por Contenuti

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn