Buscar
  • Sergio Benchimol

Comer verduras pode ajudar a prevenir a degeneração macular

Atualizado: 23 de Out de 2018

Um novo estudo mostrou que a ingestão de nitratos vegetais, encontrados principalmente em vegetais de folhas verdes e beterraba, poderia ajudar a reduzir o risco de desenvolver degeneração macular relacionada à idade em estágio inicial (DMRI).


Pesquisadores do Instituto Westmead de Pesquisa Médica entrevistaram mais de 2.000 adultos australianos com mais de 49 anos e os acompanharam por um período de 15 anos. A pesquisa mostrou que as pessoas que comiam entre 100 e 142 mg de nitratos vegetais por dia tinham um risco 35% menor de desenvolver DMRI inicial do que as pessoas que ingeriam menos de 69 mg de nitratos vegetais por dia. O pesquisador-chefe Professor Associado Bamini Gopinath, do Westmead Institute e da University of Sydney, disse que a ligação entre os nitratos vegetais e a degeneração macular pode ter implicações importantes. "Esta é a primeira vez que os efeitos dos nitratos na dieta sobre o risco de degeneração macular foram medidos. Se nossas descobertas forem confirmadas, incorporar uma variedade de alimentos ricos em nitratos na dieta - como verduras e beterrabas - pode ser uma estratégia simples para reduzir o risco de degeneração macular precoce", disse o Professor.


Espinafre tem aproximadamente 20mg de nitrato por 100g, enquanto beterraba tem quase 15mg de nitrato por 100g. A pesquisa não mostrou nenhum benefício adicional para as pessoas que excederam 142mgs de nitrato na dieta por dia. Também não mostrou conexões significativas entre nitratos vegetais e AMD em estágio avançado, ou entre nitratos não vegetais e risco de DMRI. Um em cada sete australianos com mais de 50 anos tem alguns sinais de degeneração macular. A idade é o mais forte fator de risco conhecido e a doença é mais provável de ocorrer após os 50 anos de idade. Atualmente não há cura para a doença. A pesquisa compilou dados do Blue Mountains Eye Study, um estudo baseado em população de referência que começou em 1992. É um dos maiores estudos epidemiológicos do mundo, medindo fatores de dieta e estilo de vida contra os resultados de saúde e uma série de doenças crônicas.


E você está em dia com seu exame oftalmológico? A Clínica Benchimol possui uma equipe de 23 médicos e alguns deles especializados em degeneração macular relacionada à idade. Se você possui mais de 50 anos, é recomendável consultar um oftalmologista para um diagnóstico preciso da sua saúde ocular. Clique aqui e marque a sua consulta.


Ver bem é viver bem!

Fonte: Science Daily

52 visualizações

©  Clínica de Olhos Benchimol. Todos os direitos reservados.                         Criado por Contenuti

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn